28 de janeiro de 2012

Oscar da vergonha.






RIO - Mais de 88 mil pessoas participaram da votação, promovida pelo site Public Eye People's e patrocinada pelo Greenpeace, para eleger a pior empresa do ano. E os eleitores decidiram entregar o “Oscar da Vergonha” para a Vale. O resultado final foi divulgado em Davos, onde está sendo realizado o Fórum Econômico Mundial, entre os dias 25 e 29 de janeiro.
A companhia é a primeira brasileira a concorrer ao pleito, realizado a partir de 2000. Desde segunda-feira na liderança, ela foi defenestrada por 25.042 eleitores - 797 a mais que a japonesa Tepco, que opera as usinas nucleares de Fukushima. Também participaram do concurso a sul-coreana de eletrônicos Samsung (19.014 votos), o grupo bancário Barclays (11.107), a suíça de agronegócio Syngenta (6.052) e a mineradora americana Freeport (3.308).
O ranking, assim como o perfil das competidoras, está disponível no site http://www.publiceye.ch/en/ranking/.
A Vale é citada como uma empresa “com longa trajetória caracterizada por condições de trabalho desumanas, violações de direitos humanos e destruição do meio ambiente” em diversas partes do mundo. A empresa é lembrada por participar do consórcio responsável pela construção da usina de Belo Monte. Para os ambientalistas , trata-se de um "empreendimento de US$ 17 bilhões planejado de forma autoritária, sem ouvir a população afetada e em desacordo com os direitos humanos e as leis ambientais”.
A Vale publicou um esclarecimento na internet no qual afirma que “a atividade mineradora gera impactos e, por isso, atua de forma a controlá-los e reduzi-los. Por essa razão, em 2011, a Vale foi considerada a melhor mineradora em gestão de mudanças climáticas, liderando o ranking do Carbon Disclosure Project (CDP) pelo segundo ano consecutivo”.
A empresa informa que prevê investimentos de US$ 1,65 bilhão em ações socioambientais em 2012, e que integra, “também pelo segundo ano consecutivo, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), reflexo do compromisso da Vale com as comunidades em que atua. A Reserva Natural Vale, em Linhares (ES), é considerada pela Unesco Reserva da Biosfera por conservar uma das últimas áreas de Mata Atlântica no Sudeste do Brasil”. A íntegra do comunicado da empresa pode ser visto na página http://valeesclarece.com/.



10 comentários:

  1. Um belo domingo recheado de carinho e paz pra ti amiga e uma semana repleta de poesia e flores...beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  2. Minha querida

    Gostei de ler este texto que é um grito de alerta.

    Beijinhos com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  3. Nessas coisas a gente sempre está em primeiro lugar!...rsss...bjs,

    ResponderExcluir
  4. Pois é amiga eu que trabalhei nesta empresa na decada de 70 e foi ela que me formou profissionalmente,sim uma mineradora estará sempre de frente pela destruição de serras,rios e outros ecossistema.Já dirigi este caminhão da foto na oficina de manutenção.A Vale goza de certo prestigio por empregar muito dinheiro onde ela causa o estrago.Minha cidade é toda Vale, desde as casas dos funcionarios ate os teatros,cinemas, ruas e universidades.É um preço alto que se paga por estas benesses. Pela sua alta lucratividade tudo se cala e por isso mesmo toda revolta pela venda feita pelo louco FHC.Não ha contra partida para a destruição da natureza.Bela postagem que é movida por alta reflexão.Meu abraço carinhoso.
    Bela semana a voce.
    Bju.

    ResponderExcluir
  5. Um texto digno de se estampar em muitos jornais, mas há coisas que não querem que a gente fale...
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Obrigada pela visita.
    Este seu texto fala de coisas que, apesar de eu não estar dentro do assunto em causa, dá pra ver que "o assunto" não é muito diferente de tantos outros que nos passam à frente dos olhos, mas que quem de direito não vê, porque vira a cara para o outro lado.
    É mais fácil assim.

    Mas se Deus nos deu voz, foi exatamente para por a boca no mundo e gritar. Um dia alguém há de ouvir!

    bjks

    ResponderExcluir
  7. Um artigo interessante para que a grande população não fique apenas admirando empresas por suas mega propagandas na TV. Você postou uma informação de prestação de serviços muito rica.
    Grande abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
  8. Vim deixar um beijo, desejando tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Nos meses de agosto e setembro de 2011, estive à serviço no Sul do Pará. Visitei a região onde está sendo construída a usina de Belo Monte, está certo que haverá uma degradação ambiental sem precedentes na região amazônica, concordo, isto é grave. Entretanto, a população do local, que é completamente esquecida pelos governos Federal e Estadual está felicíssima com a construção da Usina. Estamos diante de uma questão social de desamparo e o pior, o desemprego...

    ResponderExcluir